ESPUMANTE MUF´S RESERVE - (41) 3367.4848 | (41) 3367.6248. - Espumante Mufs Brut em Curitiba Espumante Mufs Demi-Sec em Curitiba Espumante Moscatel em Curitiba

Sobre Nós



Em 2002 em parceria com um sócio abriu-se uma loja especializada em frios, bebidas e enlatados chamada BEBIFRIOS. Em 2003, contando já com seis funcionários foi adquirida a primeira Sede. Em 2005 alugou-se um espaço no bairro Batel para atendimento especializado em eventos de Curitiba. Em 2008 a Adega Muf´s foi apontada como a mais citada na noite curitibana e nos anos de 2010 a 2015 recebeu o prêmio “destaque no segmento de bebidas do Paraná” pelo SENAP (Serviço Nacional de Opinião Pública).

Hoje o Grupo Muf´s com mais de 2.000 clientes possui uma estrutura composta da sua Matriz, um novo e moderno Centro de Distribuição com uma área de mais de 4500 m² e mais de 80 funcionários. A sua área comercial constitui-se de uma Loja no centro, a Empório Muf´s Café na Rua Lamenha Lins, 467 - com frente para a Praça Oswaldo Cruz.

Em 2016, completando vinte anos de trajetória, a Muf’s dá um salto e lança em primeira mão no evento Bom Gourmet 2016 o Espumante Muf’s Reserve, realizando um grande sonho do empresário Marcos Almeida, com produção nacional, na Serra Gaúcha, os espumantes já contam com uma linha diversificada: Moscatel, Demi-sec, Brut, e o novo Ice Rosé, que foi lançado em 2017 na Casa Cor Paraná, sendo o primeiro Ice Rosé do Brasil.

A direção deste empresário está sempre voltada para o futuro, com a razão no momento presente e sem esquecer do passado, pois ele sabe que a sua vida não é uma corrida de cem metros, mas sim uma longa, extenuante e estimulante maratona. Capacidade de relações humanas, dedicação, esforço, foco, perseverança e ousadia são virtudes necessárias e amplamente atribuídas ao empresário Marcos Almeida.

Trajetória Muf´s


Tudo começa no ano de 1996 com um rapazinho, magro, alto e franzino carregando a pé uma mochila nas costas e com as mãos cheias de sacolas vendendo bebidas para os bares e restaurantes por todo o centro de Curitiba.

No mesmo ano esse jovem audacioso identificou que poderia transformar esse negócio num empreendimento de futuro e de sucesso. Dessa forma, inicia a saga do menino Marquinhos que se transformará no Marcos Almeida, um próspero empresário no ramo de vendas de bebidas nacionais e importadas.

Como todo começo tudo foi difícil. Primeiramente, o “Marquinhos das bebidas” pediu para um amigo que imprimisse tabelas de preços e cartões de visitas com o número de um bip que tinha alugado anteriormente. Apenas com essa iniciativa os negócios cresceram de maneira acentuada e sua mochila começou a ficar pequena para o transporte de bebidas. Assim, obrigou-se a fazer um enorme investimento: financiou um fusca ano 75. A partir daí, motorizado, carregando várias caixas dentro do pequeno veículo, foi à luta para conquistar novos clientes. Ainda, com pouco capital e precisando de um telefone celular fez uma troca com seu vizinho: permutou um aparelho de som pelo celular. Assim ficou mais dinâmico e versátil atender à demanda dos seus clientes. Como aumentou significativamente a competência e a sua eficácia, por consequência os clientes começaram a solicitar uma variedade maior de produtos. Aí, chegou o momento de criar a Marca que identifica o empreendimento até hoje: “Muf´s”, nome com significado especial para o empresário.

Na sequência, o novo e jovem empreendedor alugou um antigo bar de seu pai, onde colocou divisórias e prateleiras de madeira para armazenar as bebidas. No local também funcionava o seu microescritório onde só cabiam a sua cadeira e a escrivaninha. Claro que tal fato provavelmente causaria uma insegurança nos fornecedores, mas para evitar qualquer desconfiança da parte deles, Marcos Almeida desenvolveu a técnica de contar sua história de maneira a sensibilizá-los e criar afinidades e afetividades.

Finalmente, decidiu-se por outra inovação que também fez enorme diferença: atender à reposição de estoques dos bares aos finais de semana. Desta vez montou-se o serviço de televendas. Como não tinha nenhum funcionário, o jovem empreendedor se empenhava no contato com os proprietários de bares para cobrir seus estoques.